quinta-feira, 31 de março de 2011

Amor

Amor (Américo Cavalcante)

"O amor, eu não conheço.
E é exatamente por isso que o desejo e me jogo do seu abismo,
Me aventurando ao seu encontro.
A vida só existe quando o amor a navega.
Morrer de amor é a substância de que a vida é feita.
Ou melhor, só se vive no amor.
E a língua do amor é a língua que eu falo e escuto."
Vênus (Paulinho Moska)


3 comentários:

  1. "O meu amor e eu fomos feitos um para o ouro.Agora só falta quem nos apresente!"Heheheehe!

    ResponderExcluir